Tratamentos para Candidíase Vaginal: Como ocorre e Sintomas

Início » Artigos » Tratamentos para Candidíase Vaginal: Como ocorre e Sintomas

A candidíase é uma infecção, deste modo é preciso ter conhecimento sobre os tratamentos para candidíase vaginal, entre outros. As mulheres que possuem dúvidas e desejam saber como cuidar, além dos sintomas, pode conferir a seguir.

Pensando nisso, para auxiliar nossos leitores, trazemos a seguir um guia a respeito da infecção. Acompanhe o artigo até o final e entenda sobre o tema. Boa leitura!

O que é candidíase vaginal

A candidíase é causada pelo fungo Candida albicans que está alojado na parte genital feminina. Este micro organismo vive normalmente neste local e não causa problemas, entretanto, devido a qualquer desequilíbrio corporal pode ocasionar danos.

As mulheres quando estão com baixa imunidade devido ao ambiente quente ou úmido é possível que sua região genital contribua para a proliferação. Na realidade devido ao sistema debilitado é possível que a doença prolifere.

Principais causas da candidíase vaginal

Como explicado o fungo vive no ambiente vaginal, portanto, o problema pode causar até infecções orais. Um dos motivos comuns é o início da vida sexual. Como consequência pode mudar a incidência de bactérias e fungos. Além disso, a umidade pode favorecer o aumento das bactérias e fungos.
Ainda alguns fatores também podem ser considerados de risco e contribuir para o desenvolvimento da infecção. Vejam quais são:

  • Gravidez;
  • Obesidade;
  • Peça íntima de material sintético;
  • Sexo sem camisinha;
  • Uso corrente de antibióticos;
  • Uso de roupa íntima apertada;
  • Utilizar biquíni e maiô por muito tempo molhado.

Ainda alguns outros fatores são facilitadores para o surgimento, como as doenças imunodepressivas, como HIV, o tratamento com medicamentos como anticoncepcionais, antibióticos e corticoides.

Todos estes itens podem favorecer o aparecimento das infecções fúngicas.

Veja também sobre: Síndrome do Ovário Policístico

Sinais e sintomas da candidíase vaginal

tratamentos para candidíase vaginal

Geralmente a candidíase vaginal vem acompanhada de alguns sinais. Deste modo, o paciente pode observar estes sintomas e procurar uma ajuda médica especializada. Para conhecimento, acompanhe abaixo quais os principais sinais e sintomas:

  • Aftas;
  • Ardor, inchaço ou coceira na área genital;
  • Coceira intensa e ardência no local;
  • Corrimento esbranquiçado;
  • Dor e ardência no contato íntimo;
  • Fissuras na mucosa genital (lembram assadura);
  • O homem fica com uma vermelhidão e uma “nata” na ponta do pênis.

Como é feito o diagnóstico

Para ter um diagnóstico o paciente deve agendar uma consulta médica. O profissional irá verificar a mucosa da vagina e o pênis. Em alguns casos, pode ser feita uma raspagem para verificar qual tipo de fungo.

Tratamentos para candidíase vaginal

O tratamento para candidíase vaginal consiste na ajuda de um médico especializado. Neste caso, o profissional irá prescrever os remédios conforme o tipo de infecção.

No geral é indicado o uso de antifúngicos em comprimido. No entanto, como alternativa para os casos acentuados pode ser que o especialista inicie um tratamento com medicação oral com base de corticoide.

Além disso, alguns cuidados podem iniciar em casa e minimizar os problemas da infecção. Com isto alguns cuidados podem evitar a recorrência da candidíase. Neste caso, vale:

  • Evitar utilizar roupas apertadas e invista nas de algodão;
  • Faça a higiene íntima e evite produtos ou sabonetes químicos;
  • Lave e seque bem a região íntima após banho.

Como prevenir

Para ficar livre da ameaça e da candidíase vaginal a higiene da região é fundamental. O indicado é utilizar um sabonete de ph neutro.

A roupa íntima precisa ser de algodão, além disso, evite utilizar absorvente íntimo todos os dias e não use as roupas justas e molhadas por um longo período.

O uso da camisinha em relações sexuais também é um meio de prevenir o contágio para os seus parceiros. Por fim, os usuários que possuem uma imunidade comprometida, como portadores de HIV ou em tratamento de câncer devem prevenir a infecção.

Dúvidas comuns sobre candidíase

A candidíase levanta milhares de questões a respeito da infecção, portanto, para auxiliar trazemos as principais dúvidas. Após a explicação de como acontece, os sinais, e até sobre os tratamentos da candidíase, vamos abordar de forma prática alguns itens que possuem associação a candidíase vaginal. Veja abaixo:

Depilação e absorventes contribuem para infecção?

Conforme especialistas a depilação não causa problemas, porém, o uso de absorvente íntimo pode contribuir para a infecção. Isto ocorre pois o uso pode deixar a vagina abafada e contribuir para o desenvolvimento das bactérias. Além disso, o protetor de uso diário pode abafar e aumentar a temperatura.

Candidíase tem relação com outras DSTs?

Este tipo de micose pode ocorrer em outras formas de infecções vaginais. Em exemplo, a clamídia, gonorreia, entre outros. Deste modo é preciso frisar que qualquer desequilíbrio do PH pode contribuir para desenvolvimento de fungos e bactérias.

Com o conhecimento da candidíase, as formas de prevenção, diagnóstico e até os tratamentos para candidíase vaginal é preciso ficar em alerta e cuidar do seu corpo. Lembrando que para qualquer dúvida o indicado é sempre procurar por uma ajuda profissional.

error: